Filhos das trevas

A Bíblia diz que os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da Luz. Gostaria muito de  contrariar esta afirmação.

Constantemente peço a Deus para me dar a Sua visão, de modo que eu veja as coisas claramente; para me dar a mente de Cristo afim d’eu não me confundir com os meus próprios pensamentos e finalmente para me dar o coração do Espírito Santo para que os meus sentimentos não me tragam fraqueza e ilusão.

Nós cristãos somos por natureza crédulos, o que é bom por um lado, mas nocivo por outro.  Temos a tendência de acreditar em tudo que está escrito, simplesmente por estar escrito.  Acreditamos quando um irmão, que acreditou em outro, que acreditou em outro, nos diz que fulano de tal é do diabo.  Sem sequer investigar ou apurar os fatos, passamos a “verdade” adiante.  E nessa nossa credulidade infantil, temos sido presas fáceis das estratégias satânicas.  É verdade que precisamos ser simples como a pomba, mas também sagazes como a serpente.  Precisamos ser cautelosos como Maria, que conferia todas as coisas no seu coração antes de abrir a bôca, mas precisamos ser corajosos e destemidos como Davi que enfrentou o gigante.

Agora mesmo vemos as manobras de satanás, querendo nos convencer de valores invertidos.  O errado vira certo e o certo, errado. E essas coisas nos chegam em doses homeopáticas, mas constantes, para que nos acostumemos com elas aos poucos.  A TV massifica um conceito e quando menos esperamos nos tornamos presas destas mentiras.

Os dois grandes mandamentos se referem a relacionamentos: Amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a ti mesmo.  Quando amamos a Deus, cumprimos, ou pelo menos nos esforçamos em cumprir, a Sua lei, que não é de um tirano.  Os mandamentos ali escritos são para o nosso bem estar, pois trazem como consequencia saúde, paz e alegria.  Amar ao próximo como a si mesmo é o segredo de uma sociedade feliz, pois elimina o egoísmo e a intolerância.  É o amor verdadeiro e desinteressado.  Contudo, o mundo criou um outro deus, onde amar significa buscar seus próprios interesses, custe o que custar.

Não quero de forma alguma criar guetos, mesmo porque o Senhor a quem sirvo e amo nos ensina a amar incondicionalmente.  Este amor vai muito além do físico.  É o amor pela alma.  Somos todos seres eternos.  Viveremos eternamente com Deus ou longe de Deus.  A escolha é de cada um.  Ninguém poderá dizer que não sabia, pois toda a natureza testemunha a glória de Deus. Basta ter olhos para ver.  Mas o deus deste mundo tem cegado as pessoas e cauterizado suas conciências.

Outro assunto muito falado na mídia e que gera uma seleuma exagerada é o tal do bullying.  Sou contra qualquer tipo de discriminação e de violência, seja ela verbal ou física, mas os conflitos são necessários para a formação da personalidade.  Se interferirmos toda vez que um filho é contrariado, ele nunca aprenderá a se defender.  Temos que ser sábios e discernir o que é nocivo do que é inevitável mas construtivo.
Precisamos aprender com a águia que, para ensinar seus filhos a voar, os lança para fora do ninho.  Naquela agonia, o filhote desenvolve os músculos das asas e consegue voar sózinho.

Que nós, os filhos de Deus, possamos ter olhos para ver e ouvidos para ouvir. Ver e ouvir a verdade.  Que possamos deixar toda a ingenuidade e covardia, e com a armadura da fé nos preparar para a batalha final, sabendo discernir a esperteza dos filhos das trevas.

Deus abençoe!

Sylvia Jane Crivella
Anúncios

2 pensamentos sobre “Filhos das trevas

  1. Pingback: Caros amigos leitores divido com vocês a linda mensagem da Sra. Sylvia Crivella e os convido a uma reflexão | Djanira Felipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s